FEDERAÇÃO AMAPAENSE DE FUTEBOL

FAF defende que o vencedor do campeonato profissional seja escolhido em campo, após quarentena

13/05/2020 - 16:15:22

FAF defende que o vencedor do campeonato profissional seja escolhido em campo, após quarentena

Facebook Twitter Google+ Email Addthis

A Federação Amapaense de Futebol (FAF) se posiciona a favor do retorno do campeonato profissional quando o cenário dos contágios de coronavírus for favorável no Amapá. A FAF defende que o campeão da competição deva ser vencedor em campo.

 

As discussões sobre o retorno dos jogos têm sido debatidas em videoconferências semanais promovidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e nas quais o Amapá está presente.

 

O planejamento da CBF era que o clubes nacionais retornassem das férias na segunda quinzena de maio para retomada dos jogos, o que não deve se concretizar diante da realidade vivida em todo Brasil.

 

Segundo o presidente da FAF, o calendário pode ser adequado até dezembro, o importante agora é a segurança de todos diante do aumento de números de casos. “Temos nos posicionado favoráveis à volta do campeonato para escolha de um campeão em campo, mas não agora, diante do cenário no Amapá. Temos discutido isso com a CBF e já avaliamos que se for preciso, outras competições como Amapazinho e Não Profissional poderão ser canceladas esse ano para dar espaço para o profissional quando for possível retornar”, explicou Netto Góes.



O Campeonato Amapaense de Futebol Profissional foi interrompido faltando um mês para terminar, e segundo o acordo da FAF com os clubes quando tudo foi suspenso, para o seu retorno, será dado um mês para treinos e preparação. Sendo assim, o campeonato poderá retornar até novembro, se o cenário de saúde mundial permitir.

 

Planejamento

Mesmo com o retorno sem data confirmada, a FAF já se prepara para adequar os protocolos da CBF à realidade do Amapá, com abertura gradativa de portões, monitoramento de controle semanal da saúde dos atletas e espaçamento de datas para partidas.

VEJA TAMBÉM

Noticia - 15/05/2020

Nota de pesar