FEDERAÇÃO AMAPAENSE DE FUTEBOL

Imprensa esportiva passa por testagens na FAF

19/08/2020 - 14:43:23

Imprensa esportiva passa por testagens na FAF

Facebook Twitter Google+ Email Addthis

Para garantir total segurança na volta do futebol no período pós-quarentena, a Federação Amapaense de Futebol (FAF) está executando um protocolo de saúde que permite a avaliação de todos os envolvidos nos campeonatos. Nesta terça-feira, 18/08, passaram pelos exames deste protocolo os comunicadores da imprensa esportiva que cobrirão os campeonatos no Estádio Zerão.


Trinta membros da crônica esportiva amapaense passaram pelos exames de Covid-19, Sífilis, HIV, diabetes e avaliação física. Toda a avaliação é realizada pela equipe de saúde da FAF, formada por uma enfermeira, uma técnica em enfermagem, um fisioterapeuta e um médico.


Para o presidente Netto Góes, devido à importância da imprensa, o processo de testagem precisava alcançar a crônica esportiva: “Quando planejamos esse protocolo de saúde, nos preocupamos com a segurança de todos, todos que fazem parte do processo de futebol no Amapá, um processo que passa também pela imprensa esportiva, muito mais agora, que cabe a estes comunicadores transmitir os sentimentos dos jogos, uma vez que a torcida não poderá entrar no estádio ainda”, disse.


O primeiro jogo marcado para o retorno acontece no sábado, 22/08, na semifinal do Sub-17 entre Trem e Oratório.


O vice-presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Amapá (ACEAP), Tarciso Franco, falou sobre a parceria com a FAF para realização destes testes: “Não é só um exame de Covid, são várias testagens, um verdadeiro panorama da saúde dos nossos jornalistas esportivos e isso é de extrema importância para poder voltar às transmissões com segurança”, concluiu.


Com a entrada vetada do público no estádio, todas as partidas serão transmitidas pela FAF TV no canal da Federação Amapaense de Futebol no Aplicativo MyCujoo, e por demais tradicionais veículos de comunicação.


VEJA TAMBÉM

Destaque - 14/09/2020

Nota de pesar - Vá em paz, Bira!